BELLA MÚLTIPLA

Isabella Fiorentino é uma mulher múltipla. A começar pela experiência única de ser mãe de trigêmeos. Apresentadora, empresária, consultora de moda e modelo são ocupações que, desde o nascimento de Bernardo, Nicholas e Lorenzo, um ano e meio atrás, ficaram em segundo plano em sua rotina. “Meu dia começa às 7 horas. Dou café da manhã para os meninos e brinco um pouco. Às 8h30 saio para gravar Esquadrão da Moda. Volto após o almoço e fico com eles até a noite. Dou banho, isto é banhos.... rsrsrs”, descreve.

Aos 35 anos, Bella é sinônimo de elegância e bom gosto, estilo lapidado ao longo da carreira de modelo e que, agora, diante das câmeras, utiliza na apresentação do programa Esquadrão da Moda, exibido aos sábados, às 20h30, no SBT. A atração, no ar desde 2009, é a versão brasileira do reality show da rede BBC chamado What not to wear. A finalidade é promover uma transformação radical em mulheres, indicadas por amigos ou familiares, cujos guarda-roupas são considerados de gosto duvidoso. Ao lado do stylist Arlindo Grund, Bella promove uma mudança geral das participantes, rendendo ótimas dicas para os telespectadores.

O caminho das passarelas para a telinha parecia já estar traçado desde a infância. A paulistana conta que, quando criança, brincava de entrevistar celebridades. “Tenho tudo filmado!”, avisa. 

Como nove em cada dez mulheres, Bella confessa ser do time das apaixonadas por sapatos, sentimento despertado quando ainda pequena. Ela relembra que, para entrar em casa, sua mãe pedia que todos tirassem os calçados, prato cheio para a menina, que saia a desfilar com os mais variados modelos. Atualmente, escarpins são seus preferidos, ainda mais se têm recortes, decotes e materiais com texturas diferentes. Confira a entrevista que a apresentadora concedeu à revista Lançamentos:

Revista Lançamentos: Como aconteceu a sua transição das passarelas para a televisão? Sempre foi um desejo seu?
Isabella Fiorentino: Sempre tive vontade de fazer TV, mas nunca quis ser atriz... Quando criança, eu fingia entrevistar estrelas da música e do cinema, era divertido! Tenho tudo filmado! O primeiro convite foi para fazer parte do programa Tudo a Ver, com Paulo Henrique Amorim, na Record. Eu tinha um quadro de comportamento e estilo.

A exemplo de programas como o Esquadrão da Moda, houve um boom de sites e blogs sobre moda. Como tirar o melhor proveito dessa chuva de informações e não cair em armadilhas fashion?
O Esquadrão é um programa que mostra a importância da aparência na vida das pessoas. É importante você estar vestida de forma adequada, sempre levando em consideração seu biotipo, idade e ambiente que frequenta. Os blogs de moda são gostosos de ver para se inspirar, deixar a criatividade aflorar, mas nunca esquecendo de quem você é, da sua personalidade. Não curto a ideia do “tem que ter, must have, it bag etc...” Acaba uniformizando todo mundo!

Como você avalia o comportamento dos brasileiros diante da moda? Sabemos lidar com tendências e nos vestimos bem?
Acho que a mulher brasileira tem uma sensualidade natural, por isso, às vezes ela acaba exagerando e parecendo vulgar.

Como conciliar as tarefas de mãe, mulher e apresentadora?
Muito corrida! Meu dia começa às 7 horas. Dou café da manhã para os meninos e brinco um pouco. Às 8h30 saio para gravar Esquadrão da Moda. Volto após o almoço e fico com eles até a noite. Dou banho, isto é banhos....rsrsrs. Raramente saio para almoçar, fazer massagem, passear no shopping... Agora, todo o meu tempo é dedicado a eles!

Como você define seu estilo?
Clássica com pitadas de modernidade.

Qual a sua relação com sapatos e qual modelo mais a agrada?
Sempre fui apaixonada por sapatos! Quando criança, minha mãe pedia para as pessoas tirarem os sapatos quando entravam na nossa casa, aí era um prato cheio para mim! Provava todos, saía desfilando pela casa. Os modelos que mais amo são os escarpins, desde que tenham alguma modernidade, recortes, decote, texturas. Alonga a silhueta e fica muito elegante em qualquer look.

Qual a importância você para o calçado na composição de um look? 
Um sapato de boa qualidade é essencial. Não tem nada pior que você estar vestida com uma roupa linda e o sapato detonado. Acaba com a elegância do look.

O que o sapato diz de uma pessoa?
Se ela é sensual, recatada, clássica... As sandálias meia pata, por exemplo, exalam sensualidade. As sapatilhas mais fechadas são elegantes e discretas.

Para ler esta matéria na íntegra é necessário ser assinante virtual da revista Lançamentos.