Bonequinha de LUXO

Sthefany Brito entrou para o mundo artístico tão cedo que nem teve tempo para pensar em seguir outra carreira. Felizmente, este universo lhe caiu como uma luva. A morena é superagradecida aos comerciais infantis que serviram como porta de entrada
para a telinha.

Agora, aos 28 anos, é dona de um extenso currículo em novelas, filmes e peças de teatro. E, em março de 2016, faz sua estreia como apresentadora do programa “Fazendo a Festa”, transmitido pelo canal de TV por assinatura GNT. “Já adorava e fiquei muito feliz com o convite de apresentá-lo”, comemora.

Para uma jovem que transita em um universo tão criativo, a moda, naturalmente, está entre suas paixões. Sapatos são fetiche (o modelo anabela é seu preferido do momento) e bolsas pequenas e médias têm um espaço privilegiado no closet. “Amo ler revistas e saber o que é tendência, mas nem por isso sou escrava da moda, não”, avisa. A seguir, confira a entrevista que a Lançamentos fez com exclusividade com a atriz e, agora, apresentadora:

Comerciais infantis deram início a sua carreira. Você planejou para que eles fossem a porta de entrada para a vida de atriz?
Confesso que não pensava nisso na época. Gostava tanto de fazer que não tinha o sentimento de ser trabalho, pois fazia tudo com muito prazer. Acho que foi a melhor maneira de começar, já que eu era muito criança (7 anos).

Atuar sempre esteve nos planos? Já se imaginou fazendo outra coisa?
Foi tão natural desde o início que não parei para pensar o que faria se não fosse atriz! Eu, quando pequena, nem sabia direito o que era atuar, mas falava pra minha mãe que queria entrar “dentro” da televisão (risos)! Fico muito feliz porque comecei cedo em algo que amo e, quando vi, aquilo se tornou minha profissão... E tem coisa melhor do que trabalhar com o que se ama?

O que você está fazendo atualmente?
Estou gravando a terceira temporada do programa “Fazendo a Festa”, no GNT, que estreia em março, e estou superempolgada! Já adorava o programa e fiquei muito feliz com o convite de apresentá-lo. Gravo até o primeiro semestre deste ano, então, agora, estou bem focada nesse projeto!

Você usa bastante as redes sociais. Como é a relação com os seus fãs?
Ótima. Acho muito importante essa troca! Adoro e sempre que posso respondo às mensagens deles.

Qual é a sua proximidade com assuntos fashion? Acompanha tendências, desfiles, lê revistas?
Adoro moda. Amo ler revistas e saber o que é tendência, mas nem por isso sou escrava da moda, não!

Para você, sapato é objeto de desejo?
Ahhhhh, uma vida resumida em sapatos... (risos). Amo sapato! Antes de escolher o look, a primeira coisa que escolho é o sapato! Sapato é meu ponto fraco!

Qual é o seu modelo preferido?
Então, eu sou geminiana, não posso dizer o preferido de sempre, porque já mudou e com certeza vai mudar. Mas o que eu tenho usado bastante ultimamente é anabela! Confortável e ótima para o verão do Rio.

Sabe quantos pares tem?
Eu fiz uma geral recentemente, tirei vários sapatos e doei! Daí, depois disso, não contei mais.

O que é mais importante: conforto para os pés ou beleza?
Não pode ser os dois juntos? Óbvio que conforto não tem preço, mas confesso que já saí de casa com o sapato machucando e não troquei porque ele era lindo!

Seu estilo é mais básico ou gosta de ousar?
Me considero bem eclética. Às vezes, fico com preguiça de me arrumar e vou básica, mas tem vezes que me empolgo e gosto de ousar.

Quando o assunto é bolsa, você prefere grande, média ou pequena?
Já amei muito as grandes, hoje prefiro as médias e pequenas.

É melhor uma bolsa colorida ou em tons neutros?
Adoro bolsa colorida. Acho que pode ser todo o charme de um look.